25.8.05

Para que escreves homem da dor?
o caminho é estreito e os batedores municipais já estão fartos de o avisar:
nem para escrever nem para cagar. Na via pública não te deixamos sentar.
E ele: olha: lê o que escreve em voz: era como se cagasse - era merda que escrevia.
Daquela que faz chorar e sorrir
e depois se rasga.
por lei.

2 comentários:

  1. ;)

    De volta a liberdade de expressão... :p

    Beijinho Sílvio*

    ResponderEliminar
  2. sem pudor.
    Só tu letivo...

    ResponderEliminar